08 nov

Setor de compósitos conhece os vencedores do Top of Mind


Cerimônia de premiação aconteceu segunda-feira, em São Paulo

Os representantes das principais empresas do setor brasileiro de compósitos participaram na segunda-feira (05), no Rubaiyat Faria Lima, em São Paulo, da cerimônia de premiação do Top of Mind da Indústria de Compósitos. Promovido pela Associação Latino-Americana de Materiais Compósitos (ALMACO) desde 2010, o Top of Mind é o principal prêmio da cadeia produtiva desse tipo de plástico de alta performance.

A edição deste ano computou cerca de cinco mil votos, distribuídos em 26 categorias – a Destaque Business Research foi a empresa responsável pela pesquisa.

Confira, a seguir, a relação dos vencedores e os percentuais de votos obtidos por cada um.

Resina Poliéster: Ashland (28,29%)
Resina Epóxi: Redelease (17,8%)
Resina Éster-Vinílica: Ashland (37,7%)

Resina de Poliuretano: Purcom (29,1%)

Fibras de vidro: Owens Corning (56,4%)

Fibras de carbono: Texiglass (27,2%)

Adesivos: Lord (48,9%)

Catalisadores: Polinox (26,2%)

Gelcoat: Morquímica (23,2%)

Composto de moldagem: A. Schulman (18,24%)

Desmoldante: Redelease (34,3%)

Aditivo: BYK (41,6%)

Processos manuais (spray-up e hand lay-up): Marcopolo (17,71%)

RTM: Tecnofibras (13,1%)

SMC: Tecnofibras (20%)

BMC: A. Schulman (34,8%)

Pultrusão: Cogumelo (22,4%)

Infusão: Barracuda (17,58%)

Enrolamento Filamentar: Petrofisa (13,37%)

Laminação contínua: Fibralit (34,9%)

Fabricante de moldes: Bruno Moldes (20,95%)

Fabricante de tecidos de reforços: Texiglass (28,13%)

Equipamentos: Fibermaq (45,73%)

Distribuidor: Redelease (42,63%)

Inovação: Lord (12,4%)

Indústria de compósitos: Redelease (13,8%)

Resultantes da combinação entre polímeros e reforços – por exemplo, fibras de vidro –, os compósitos são conhecidos pelos elevados índices de resistência mecânica e química, bem como pela versatilidade. Há mais de 50 mil aplicações catalogadas em todo o mundo, de tanques, tubos e pás eólicas a peças de barcos, ônibus e aviões.

Fundada em 1981, a ALMACO tem como missão representar, promover e fortalecer o desenvolvimento sustentável do mercado de compósitos. Com administração central no Brasil e sedes regionais no Chile, Argentina e Colômbia, a ALMACO tem cerca de 400 associados (empresas, entidades e estudantes) e mantém, em conjunto com o Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), o Centro de Tecnologia em Compósitos (CETECOM), o maior do gênero na América Latina.

Para mais informações, acesse www.almaco.org.br

 

FONTE: SLEA COMUNICAÇÃO

Compartilhe

Deixe seu comentário