24 jun

Carros elétricos serão maioria em vendas já em 2033

Uma nova pesquisa da consultoria EY afirma que, em 2045, as vendas de carros a combustão corresponderão a menos de 1% do total em todo o mundo. A inevitável ascensão dos carros elétricos fará com que eles sejam maioria nas vendas já em 2033, cinco anos antes das expectativas prévias da empresa.

De acordo com o estudo, as rígidas medidas de combate ao aquecimento global na Europa são um dos principais motivos para essa projeção. Além das metas para redução de emissão dos gases de efeito estufa, também haverá multas para as montadoras que não diminuírem suas emissões – muitas delas, inclusive, estão atrasadas nesse processo.

Para a Europa em específico, os veículos elétricos serão maioria nas vendas em 2028. Na China, esse momento acontecerá em 2033. Os EUA, por não terem tomado iniciativas para incentivar a tecnologia durante a administração Trump, ficaram um pouco para trás, com a transição acontecendo em 2036. Mas o governo de Joe Biden promete mudar a situação com a já anunciada promessa de investir US$ 174 bilhões nesse mercado.

Outro motivo para o crescimento dos elétricos é a expansão do interesse da geração millennial pelo transporte individual em uma era pós-covid. Para 30% dessas pessoas, existe o desejo de ter um carro elétrico, afirma a consultoria. Como os preços dos veículos estão caindo, em especial pelo barateamento das baterias, o sonho de ter um Tesla ou uma picape F-150 Lightning está mais acessível.

Fonte: Automotive Business

Compartilhe