16 set

Indústria de materiais manteve tendência positiva em agosto

A mais recente edição do Índice Abramat, elaborada pelo FGV-IBRE e divulgada na última segunda-feira (13) pela Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat), mostra que o setor registrou alta de 4,8% no faturamento deflacionado em agosto de 2021 frente aos resultados observados no mesmo mês de 2020. Já em relação a julho, o crescimento foi de 0,8%. O levantamento indica, ainda, que o faturamento da indústria de materiais de construção alcançou o oitavo mês de 2021 com alta de 18,8% em comparação com o mesmo intervalo do ano passado. Já no acumulado de 12 meses, o avanço é de 16,7%.

Os resultados mantêm a projeção da Abramat de que o setor crescerá 8% até o final deste ano. “A indústria de materiais de construção segue demonstrando sinais de recuperação em agosto, nos dando ainda mais confiança na projeção de 8% de crescimento no faturamento neste ano”, destaca Rodrigo Navarro, presidente da associação. Ele lembra que em junho de 2020 a produção industrial demonstrava sinais de recuperação, com as atividades econômicas sendo gradualmente retomadas. Por isso, o crescimento relativo deve diminuir nos próximos meses.

Mesmo assim, na opinião do presidente da Abramat, o avanço da vacinação, a flexibilização das atividades em diversos Estados e a continuidade de um varejo e mercado imobiliário aquecidos trazem boas perspectivas ao crescimento do setor desde o segundo trimestre de 2020. “Seguimos atuando proativamente junto aos nossos interlocutores, atentos e cautelosos com as potenciais consequências de alterações conjunturais decorrentes das diversas externalidades que permeiam o cenário econômico atual”, avalia Navarro.

Fonte: AECweb

Compartilhe