15 jul

Governo do RS envia projeto de privatização da Corsan à Assembleia Legislativa

O governo do Rio Grande do Sul apresentou, nesta segunda-feira (12), o projeto de lei de privatização da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan).

A matéria foi entregue à Assembleia Legislativa em regime de urgência, que estabelece um prazo de 30 dias para votação do projeto. Como o recesso parlamentar inicia no sábado (17), a proposta só deve ser votada em agosto, quando os deputados voltarem aos trabalhos, avalia o governo.

O chefe da Casa Civil, Artur Lemos Júnior, disse ao G1 que a medida visa cumprir as metas do marco regulatório do saneamento, sancionado pelo governo federal em 2020

A nova legislação exige que, até 2033, 99% das cidades tenham abastecimento de água potável e 90% sejam atendidas com coleta e tratamento de esgoto. Hoje a Corsan fornece água para 97% das áreas urbanas. Contudo, apenas 17% dos locais atendidos pela estatal são conectados a uma rede de esgoto.

Fonte: G1

Compartilhe