24 jun

Faturamento da indústria de materiais de construção cresce 35,8% em maio

Segundo dados divulgados pela Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat), em maio de 2021, o faturamento deflacionado do setor produtivo aumentou 35,8% em relação ao mesmo mês do ano passado. Na comparação entre os primeiros cinco meses de 2021 e os de 2020, houve aumento de 27,1% no faturamento. No acumulado em 12 meses, o avanço foi de 15,2%.

Apesar dos resultados, o faturamento da indústria de materiais registrou queda de 0,5% em relação a abril, já ajustado sazonalmente.

Com relação aos dados consolidados de faturamento da indústria de materiais de construção em abril de 2021, no período, o setor teve faturamento 66,4% maior que o observado em abril de 2020.

Com o resultado consolidado, o crescimento acumulado no ano pelo setor atingiu a marca de 27,1% na comparação com o mesmo período de 2020.

A pesquisa estima, ainda, que haverá crescimento de 4% no faturamento total deflacionado dos materiais de construção em relação ao ano passado.

“Importante reiterar que o setor depende de muitas externalidades para o seu crescimento sustentável. Como exemplos, destacamos a aceleração da tramitação no Congresso das pautas de reformas estruturantes, de redução do Custo Brasil e de simplificação do ambiente de negócios; a busca conjunta por todos os elos da cadeia da construção de medidas e ações que possam ajudar na redução de custos das matérias-primas; a efetiva retomada das obras de infraestrutura, além da necessidade de intensificar o ritmo da vacinação em todo país”, explica Rodrigo Navarro, presidente da Abramat.

Fonte: AECweb

Compartilhe