12 maio

Klabin registra aumento de 22% no EBITDA ajustado

A Klabin registrou crescimento de 22% no EBITDA ajustado (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) no primeiro trimestre de 2021 em comparação ao mesmo período do ano passado, atingindo a marca de R$ 1,254 bilhão, excluídos efeitos não recorrentes.

O volume total de vendas nos primeiros três meses do ano, excluindo madeira, teve crescimento de 7% em comparação com o mesmo período de 2020, chegando a 909 mil toneladas, impulsionado pela forte demanda em todas as unidades de negócio da Klabin e pelo montante adicional já produzido pelas fábricas adquiridas da International Paper. O crescimento das vendas no período, aliado à desvalorização do real frente ao dólar e à recuperação de preços nos mercados de celulose, papéis e embalagens, contribuíram para a receita líquida, que atingiu R$ 3,4 bilhões neste primeiro trimestre, um incremento de 34% na comparação com o primeiro trimestre de 2020.

O modelo de negócios integrado e diversificado da Klabin e a sua flexibilidade operacional permitiram à empresa se adaptar às diferentes condições de mercado e entregar, mais uma vez, resultados consistentes no período.

Investimentos

No primeiro trimestre de 2021, o total investido pela Companhia foi de R$ 815 milhões. Deste montante, R$ 67 milhões foram destinados às operações florestais, R$ 184 milhões à continuidade operacional das fábricas e R$ 67 milhões foram aportados em projetos especiais e expansões. Os desembolsos para o Projeto Puma II no primeiro trimestre de 2021 somaram R$ 497 milhões.

Fonte: Investimentos e Notícias

Compartilhe