18 mar

Eólica tem novo recorde em 2020 nas Américas

A instalação de energia eólica adicionou quase 22 GW de nova capacidade nas Américas, aumento de 62% na comparação com o ano anterior. Os dados são da GWEC Market Intelligence e foram apresentados em evento online. O relatório completo sobre o desempenho da energia eólica no mundo será divulgado em 25 de março.

Como já revelado na semana passada por outro balanço, os Estados Unidos impulsionaram um crescimento recorde na América do Norte instalando quase 17 GW de nova capacidade em 2020. Para efeitos de comparação o volume somente do quarto trimestre foi mais elevado do que durante todo o ano de 2019. O crescimento do último ano foi de 85%.

O Brasil continua a liderar o crescimento da energia eólica na América Latina com a adição de 2,3 GW de nova capacidade em 2020. Houve ainda instalações recordes na Argentina (1 GW) e no Chile (684 MW) contribuindo com o melhor ano para o vento na região. Segundo o estudo, o resultado poderia ter sido melhor, já que o desenvolvimento da energia eólica no México, um dos maiores mercados latino-americanos, diminuiu 55% devido a vários desafios políticos para o setor.

De acordo com a GWEC Market Intelligence, a capacidade total de energia eólica na América do Norte e América Latina é de 136 GW e 34 GW respectivamente, o que ajuda a evitar 250 milhões de toneladas de emissões de CO2 por ano, o equivalente a retirar 1,2 bilhão de automóveis das estradas.

Fonte: Canal Energia

Compartilhe