21 jan 2021

Vendas de elétricos bateram recorde no Brasil em 2020

As vendas de veículos eletrificados no Brasil bateram novo recorde em 2020. Dessa forma, atingindo um aumento de 66,5% nos emplacamentos em relação a 2019. Com isso, o mercado de elétricos pulou de 11.858 unidades em 2019 para 19.745 em 2020.

Em dezembro, foram 1.949 veículos vendidos registrados. Esse foi o melhor ano da série histórica da Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE), iniciada em 2012. Além disso, pela primeira vez também o mercado de eletrificados chegou a 1% do mercado total de veículos no Brasil.

Os números referem-se à soma de automóveis e comerciais leves elétricos híbridos não plug-in e plug-in (HEV ou PHEV) e elétricos a bateria (BEV). Com esse resultado, a frota total de automóveis elétricos ou híbridos em circulação no país já chega a 42.269 unidades.

Fonte: Frota & Cia

 

Compartilhe
21 jan 2021

O setor que venceu a pandemia e deve bombar em 2021, segundo executivos

Embora a pandemia tenha devastado a economia, um setor conseguiu atuar de forma extremamente resiliente, com retomada rápida e números surpreendentes. Na visão de executivos de construtoras e incorporadoras ouvidos pela EXAME, 2021 deve ser um dos melhores anos para a construção civil no Brasil, com avanço exponencial de lançamentos no mercado imobiliário e expansão da receita.

O nível de atividade da construção civil registrou alta pelo quarto mês consecutivo, o que confirma a tendência de recuperação no setor. Segundo pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI) relativa a novembro, a utilização da capacidade operacional no setor atingiu 63% no período, o maior nível desde dezembro de 2014. A sondagem mostra ainda que a confiança dos empresários permanece em alta no setor.

Para Diego Villar, presidente da Moura Dubeux, a pandemia teve um viés positivo para a construção civil porque as pessoas acabaram fazendo uma reflexão sobre a forma como moram. “O que também contribuiu para o desempenho do setor, neste ano, foi a demanda reprimida. O mercado imobiliário ficou muitos anos sem lançamentos.”

Segundo o executivo, 2021 será um dos melhores anos para o mercado imobiliário. “O governo federal deve retomar o caminho do equilíbrio fiscal, em um horizonte de estabilização do dólar e continuidade das discussões acerca de reformas, especialmente a tributária. A demanda ficará ainda mais aquecida”, acredita.

Fonte: Exame

Compartilhe
21 jan 2021
15 jan 2021

GE Renewable Energy anuncia contrato de reciclagem de pá eólica nos EUA com a Veolia

A GE Renewable Energy anunciou que assinou um contrato de vários anos com a Veolia North America (VNA) para reciclar as pás eólicas removidas de suas turbinas terrestres localizadas nos EUA.

Por meio desse contrato, a GE planeja reciclar a maioria das pás que são substituídas durante os esforços de repotenciação. A Veolia usará as pás como matérias-primas para cimento (coprocessamento em forno).

Fonte: JEC Composites

Compartilhe
15 jan 2021

Embraer recebe mais duas encomendas de jatos E195-E2 da Congo Airways

Apenas seis meses após a encomenda de aeronaves E2, a Congo Airways firmou um novo pedido para mais dois jatos E195-E2, que se soma à primeira encomenda de dois jatos E190-E2, todos direcionados á fabricante brasileira Embraer.

O contrato das quatro aeronaves tem um valor total de US$ 272 milhões, de acordo com o preço de lista atual. Essa nova encomenda será incluída na carteira de pedidos firmes da Embraer do quarto trimestre de 2020, conforme explica fato relevante divulgado nesta semana.

Fonte: Money Times

Compartilhe
15 jan 2021

SAMPE North America cancela conferência de 2021

Por preocupação com a saúde e a segurança dos participantes, a Sociedade para o Avanço da Engenharia de Materiais e Processos (SAMPE, Diamond Bar, Califórnia, EUA) decidiu em 13/01 cancelar oficialmente a Conferência e Exposição SAMPE 2021, evento programado para 24-27/05, em Long Beach, Califórnia.

Fonte: CompositesWorld

Compartilhe
15 jan 2021

Nordex fecha venda de turbinas para parque eólico da Statkraft no Brasil

A fabricante alemã de equipamentos de energia eólica Nordex informou nesta semana que recebeu um pedido da norueguesa Statkraft para máquinas a serem utilizadas em um projeto a ser construído pela empresa no Brasil

A Nordex disse que o negócio fechado junto à Statkraft envolverá turbinas eólicas de seu modelo N163/5.X, que somarão capacidade total de 518,7 megawatts. “Esse é o maior pedido do Grupo Nordex até o momento para as turbinas N163/5.X, e a primeira encomenda fora da Europa”, disse a fornecedora em comunicado em seu site.

Os equipamentos serão utilizados pela Statkraft no parque eólico Ventos de Santa Eugênia, na Bahia, e o comissionamento das máquinas está previsto para o início de 2023.

Fonte: Reuters

Compartilhe
15 jan 2021

Qual o futuro da Troller, emblemática marca cearense de jipes da Ford

A Troller nasceu no Ceará em meados de 1994, ainda como uma espécie de projeto-piloto. Os primeiros jipes foram vendidos para pilotos de provas de rally: o laboratório era em condições reais. Em 1997, a montadora foi oficialmente fundada, com uma linha de produção dedicada.

No ano 2000, a marca ganhou forte projeção ao participar do Rally dos Sertões e estrear no Paris-Dakar. Alguns anos depois, a Ford acabou adquirindo a marca, que tem produção no município cearense de Horizonte.

Segundo apurou a reportagem da EXAME com pessoas próximas à Ford, o encerramento das atividades da fábrica da Troller só se dará no final do ano para que a montadora americana tenha tempo hábil para negociar os termos de uma possível venda, que já estaria sendo costurada.

A linha de produção da montadora cearense ainda deve passar, neste ano, por um processo de atualização, reforçando que a fábrica já pode ter um destino traçado nas mãos de outro controlador.

“A Troller ainda é rentável para a Ford e sua linha só será descontinuada no final do ano, o que confere tempo para que o possível comprador acerte os termos da venda”, diz uma pessoa próxima à Ford. Procurada, a empresa não respondeu a questionamento até o momento.

Em 2020, a Ford vendeu 1.301 unidades do modelo T4, com preço sugerido a partir de 173.200 reais cada: faturamento significativo para uma operação fabril que, segundo apurou a EXAME, ainda tem baixo custo em comparação às concorrentes, além de incentivos fiscais estaduais.

Fonte: Exame

Compartilhe
15 jan 2021

Compósitos na Universidade Petrobras

Na última terça-feira (12), cerca de 50 engenheiros da Petrobras acompanharam uma rodada de palestras online sobre compósitos.

Promovido pela Universidade Petrobras e apoiado pelo Comitê de Pultrusão da ALMACO, o evento reuniu trabalhos dos seguintes especialistas no material: Waldomiro Moreira (ALMACO), Evaldo Mota (INEOS Composites), Simone de Andrade (CPIC) e Cristian Campos (Polynt-Reichhold).

Fonte: ALMACO

Compartilhe

© 2017 ALMACO. Todos os direitos reservados.

Click Me