27 jan

Boeing registra prejuízo anual recorde

A Boeing divulgou um prejuízo anual recorde de quase 12 bilhões de dólares, em meio a novo adiamento de seu jato 777X, o que resultou em um efeito negativo de 6,5 bilhões de dólares no resultado.

A crise do coronavírus exacerbou a queda na demanda pelas maiores aeronaves da indústria, com companhias aéreas evitando receber os aviões encomendados devido a restrições de viagens internacionais, prejudicando o fluxo de caixa da fabricante de aeronaves dos EUA.

A Boeing disse que espera que o 777X, uma versão maior do 777 mini-jumbo, entre em serviço no final de 2023, atrasando o lançamento do jato pela terceira vez e registrando uma baixa de 6,5 bilhões de dólares antes de impostos.

Fonte: Money Times

Compartilhe