15 jan

Qual o futuro da Troller, emblemática marca cearense de jipes da Ford

A Troller nasceu no Ceará em meados de 1994, ainda como uma espécie de projeto-piloto. Os primeiros jipes foram vendidos para pilotos de provas de rally: o laboratório era em condições reais. Em 1997, a montadora foi oficialmente fundada, com uma linha de produção dedicada.

No ano 2000, a marca ganhou forte projeção ao participar do Rally dos Sertões e estrear no Paris-Dakar. Alguns anos depois, a Ford acabou adquirindo a marca, que tem produção no município cearense de Horizonte.

Segundo apurou a reportagem da EXAME com pessoas próximas à Ford, o encerramento das atividades da fábrica da Troller só se dará no final do ano para que a montadora americana tenha tempo hábil para negociar os termos de uma possível venda, que já estaria sendo costurada.

A linha de produção da montadora cearense ainda deve passar, neste ano, por um processo de atualização, reforçando que a fábrica já pode ter um destino traçado nas mãos de outro controlador.

“A Troller ainda é rentável para a Ford e sua linha só será descontinuada no final do ano, o que confere tempo para que o possível comprador acerte os termos da venda”, diz uma pessoa próxima à Ford. Procurada, a empresa não respondeu a questionamento até o momento.

Em 2020, a Ford vendeu 1.301 unidades do modelo T4, com preço sugerido a partir de 173.200 reais cada: faturamento significativo para uma operação fabril que, segundo apurou a EXAME, ainda tem baixo custo em comparação às concorrentes, além de incentivos fiscais estaduais.

Fonte: Exame

Compartilhe