12 set

ALMACO promove curso gratuito para alunos de engenharia da FEI

Treinamento acontece nos dias 26 e 27/09, no CETECOM

Nos próximos dias 26 e 27/09, a Associação Latino-Americana de Materiais Compósitos (ALMACO) receberá 18 alunos do Centro Universitário FEI para um curso gratuito no Centro Tecnológico de Compósitos (CETECOM). A ação foi viabilizada graças ao apoio das empresas Novapol, Owens Corning e Polynt-Reichhold.
Destinado aos alunos de graduação de Engenharia de Materiais e Engenharia Mecânica, o treinamento contará com uma parte teórica, na qual serão compartilhados os conceitos básicos sobre as propriedades dos compósitos, e prática, quando os estudantes poderão fabricar peças pelo processo de laminação manual.
“A disseminação do conhecimento sobre o material é a base da nossa estratégia. E nada melhor do que compartilhar essas informações entre futuros engenheiros”, comenta Erika Bernardino Aprá, presidente da ALMACO.
A propósito, em 2020 será lançada a primeira pós-graduação em materiais compósitos e polímeros do estado de São Paulo. Fruto da parceria entre ALMACO e Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), o curso será direcionado a profissionais das áreas de engenharia, arquitetura, design e administração, além de pessoas interessadas em aprofundar seus conhecimentos na área.

Sobre a ALMACO
Fundada em 1981, a ALMACO tem como missão representar, promover e fortalecer o desenvolvimento sustentável do mercado de compósitos. Com administração central no Brasil e sedes regionais no Chile, Argentina e Colômbia, a ALMACO tem cerca de 400 associados (empresas, entidades e estudantes) e mantém, em conjunto com o Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), o Centro de Tecnologia em Compósitos (CETECOM), o maior do gênero na América Latina.
Resultantes da combinação entre polímeros e reforços – por exemplo, fibras de vidro –, os compósitos são conhecidos pelos elevados índices de resistência mecânica e química, associados à liberdade de design. Há mais de 50 mil aplicações catalogadas em todo o mundo, de caixas d’água, tubos e pás eólicas a peças de barcos, ônibus, trens e aviões. Para mais informações, acesse www.almaco.org.br.

Fonte: SLEA Comunicação

Compartilhe

Deixe seu comentário