06 set

ALMACO lança Prêmio de Inovação


Iniciativa tem como objetivo gerar oportunidades reais de negócio


Referência na representação do setor de compósitos – um tipo de plástico de alta performance –, a Associação Latino-Americana de Materiais Compósitos (ALMACO) anuncia o lançamento do Prêmio ALMACO de Inovação. A iniciativa tem como objetivo impulsionar projetos inovadores e, com isso, gerar oportunidades reais de negócios para as empresas brasileiras.

“A inovação é um dos caminhos mais inteligentes e estratégicos para superarmos o atual cenário desfavorável e voltarmos a crescer”, afirma Gilmar Lima, presidente da ALMACO.

Qualquer empresa ou centro de pesquisa pode concorrer inscrevendo produtos, tecnologias ou conceitos nas seguintes categorias: “Construção Civil e Infraestrutura”, “Transporte, Automotivo, Agronegócio e Náutico”, “Aeroespacial”, “Energias Renováveis” e “Novos Nichos de Mercado”.

“O Prêmio ALMACO de Inovação será uma vitrine para as empresas mostrarem as suas soluções não só no Brasil, mas em todo o mundo. Precisamos de espaços para lançar as novidades e, principalmente, encantar o mercado”, comenta Lima.

Os vencedores serão escolhidos por um júri independente formado por usuários finais dos materiais compósitos. A cerimônia de premiação acontecerá em paralelo à entrega dos troféus do Top of Mind da Indústria de Compósitos, no dia 07/11, durante a Feiplar, maior feira da indústria de compósitos da América Latina – de 06-08/11, no Expo Center Norte, em São Paulo (SP).

Interessados em concorrer ao Prêmio ALMACO de Inovação têm até o dia 01/10 para enviar um arquivo PDF com o descritivo do seu produto ou tecnologia para o e-mail marketing@almaco.org.br.

Sobre a ALMACO

Fundada em 1981, a ALMACO tem como missão representar, promover e fortalecer o desenvolvimento sustentável do mercado de compósitos. Com administração central no Brasil e sedes regionais no Chile, Argentina e Colômbia, a ALMACO tem cerca de 400 associados (empresas, entidades e estudantes) e mantém, em conjunto com o Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), o Centro de Tecnologia em Compósitos (CETECOM), o maior do gênero na América Latina.

Resultantes da combinação entre polímeros e reforços – por exemplo, fibras de vidro –, os compósitos são conhecidos pelos elevados índices de resistência mecânica e química, associados à liberdade de design. Há mais de 50 mil aplicações catalogadas em todo o mundo, de caixas d’água, tubos e pás eólicas a peças de barcos, ônibus, trens e aviões.

Para mais informações, acesse www.almaco.org.br

 

Fonte: SLEA Comunicação

Compartilhe

Deixe seu comentário