11 dez 2017

LORD conquista Top of Mind da Indústria de Compósitos em duas categorias

Empresa foi a mais votada em “Adesivos” e “Inovação”

Referência em adesivos estruturais, a LORD, subsidiária local da norte-americana LORD Corporation, conquistou o Top of Mind da Indústria de Compósitos nas categorias “Adesivos” e “Inovação”. A cerimônia de premiação aconteceu no dia 07/12, no Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), em São Paulo.
Foi a sexta vez que a LORD obteve o maior número de votos na categoria “Adesivos” – 57,6% do total – e a primeira em “Inovação” (12,6%).
Criado pela Associação Latino-Americana de Materiais Compósitos (ALMACO), o Top of Mind é a principal premiação do setor brasileiro de compósitos, um tipo de plástico de alto desempenho. A pesquisa que apontou os vencedores ficou a cargo de uma empresa independente, a Destaque Business Research.
No país desde 1972 – opera uma unidade industrial em Jundiaí (SP) –, a LORD participa dos principais projetos que envolvem o uso de materiais compósitos nos setores transporte e náutico, entre outros.
Fundada em 1924 e com matriz em Cary (EUA), a LORD Corporation também desenvolve sistemas de controle de vibração e ruído e tecnologias de sensoriamento para os mercados automotivo, aeroespacial e defesa, óleo/gás e industrial.

Para mais informações, acesse www.lord.com

Fonte: SLEA Comunicação

Compartilhe
11 dez 2017

Teijin vai acelera o negócio de fibra de carbono mundial por meio de uma nova filial nos EUA [Teijin]

Teijin Limited anunciou dia 30 de novembro sobre uma nova planta de produção de fibra de carbono nos EUA em Greenwood, Carolina do Sul, e a integração da filial Teijin Carbon Fibers, Inc. (TCF). Espera-se que TCF seja incorporada e esteja operando na sua nova instalação de produção de fibra de carbono no final do ano fiscal de 2020.
Além disso, Toho Tenax Co., Ltd., a divisão de fibras de carbono da Teijin, anunciou hoje que expandirá a capacidade do precursor de poliacrilonitrila (PAN) especializado para fibra de carbono na Fábrica Mishima (Japão).
Baseado nestes dois empreendimentos, o grupo Teijin tem o objetivo de fortalecer seu negócio de fibra de carbono verticalizando as operações para acelerar a expansão mundial por meio do polo trilateral no Japão, EUA e Europa. Em particular, a companhia tem alavancado pesquisa e desenvolvimento para expandir o negócio de fibra de carbono nas áreas automotivas e aeronáutica, focando em ajudar a reduzir suas emissões ambientais para satisfazer a limitação das recentes normas ambientais mundiais. Objetivando ser um empreendimento que dá suporte a sociedade do futuro, a Teijin está evoluindo seu negócio de fibra de carbono e outros negócios em uma visão de longo prazo.
Os investimentos totais da nova instalação da produção de fibra de carbono nos EUA e expansão da capacidade do precursor no Japão equivalerão a JPY 35 milhões ou aproximadamente USD 320 milhões.
O precursor, o material que Toho Tenax expandirá a produção, aumentando a capacidade de Fábrica Mishima, é produzido através de processo de oxidação a 200-300 °C e posterior carbonizados a 1.000-2.000°C em ambiente livre de oxigênio para produção final de fibra de carbono.

Sobre o Grupo Teijin
O Grupo Teijin (TSE: 3401) é uma empresa global de tecnologia que oferece soluções avançadas nas áreas de valor sustentável, segurança e atenuação de catástrofes, mudanças demográficas e melhoria da saúde. Seus principais campos de atuação são fibras de alto desempenho, como aramida, fibras de carbono e compostos, cuidados à saúde, filmes plásticos, plástico de engenharia, resina e filmes especiais, fibras de poliéster e TI. O grupo tem 170 empresas e cerca de 19.000 funcionários espalhados por 20 países em todo o mundo. Ele registrou vendas consolidadas de JPY 741,3 bilhões (USD 6,5 bilhões) e ativos totais de JPY 964,1 bilhões (USD 8,5 bilhões) no ano fiscal terminado em 31 de março de 2017.

Por favor, visite www.teijin.com

Compartilhe
11 dez 2017

As multinacionais Scott Bader e Andercol ampliam investimentos no Brasil para dobrar a capacidade da Joint Venture Novascott

Com a expansão da planta serão manufaturados produtos das tecnologias novas e atuais que hoje são uma realidade na Europa e outros continentes. Segmentos industriais específicos serão o foco para 2018.

A Novascott começou há três anos e foi criada para satisfazer as necessidades do mercado de gelcoats e compósitos de maneira geral, realizando um trabalho focado em clientes parceiros, oferecendo além do gelcoat, produtos especiais, como resinas acrílicas, resinas de baixa contração e adesivos estruturais.
Através das bases tecnológicas da Scott Bader e todas as marcas Crystic®, Crestapol®, Crestabond® e Crestomer® comercializados em outros países, Novascott difundirá novos portfolios a partir de 2018.
O Brasil apresenta novas perspectivas de crescimento e com os resultados alcançados em diferentes mercados como eólico, piscinas e elétrico; a Andercol e a Scott Bader decidiram ampliar a planta atual localizada no ES, trazendo novos equipamentos e novas tecnologias que hoje não são fabricadas no Brasil.
O Gerente Geral Gilson Tadeu Scaglia e o Coordenador Comercial Rodrigo Briguelli destacam a importância desse cenário e o que ele pode proporcionar ao mercado brasileiro:

“Através das tecnologias da Scott Bader e os processos produtivos do Andercol, conseguimos nos posicionar nos mercados citados acima, com bastante destaque no mercado eólico, trazendo diferencial técnico aos clientes e alcançando peças e processos de melhor qualidade e valor agregado. Com a ampliação da planta iremos nacionalizar novas tecnologias como Gelcoats de baixo VOC, isentos de estireno e também Gelcoats retardantes de chama, além de outros produtos específicos que hoje são uma realidade na Europa e demais continentes. Nossa ideia é aumentar a gama de atuação, pois a Scott Bader além de ser um modelo de fornecimento ao mercado eólico, é referência no mercado marítimo e de transporte, e queremos atuar de forma mais participativa nesses segmentos com produtos de alta performance e tecnologia inovadora”

SITE PRODUTIVO:
A nova planta atua desde segundo semestre de 2017 e conta com equipamentos de tecnologia alemã e com uma estrutura de laboratório de desenvolvimentos semelhante as demais plantas da Scott Bader, trazendo para o Brasil o que há de mais novo no mercado Europeu.

SOBRE SCOTT BADER:
É uma companhia química global fundada em 1921 que emprega mais de 650 pessoas em todo o mundo, com fábricas na Europa, Oriente Médio, África do Sul, Canadá, Índia e América do Sul.

SOBRE ANDERCOL:
A Andercol é uma empresa com 50 anos no mercado de química intermediária e presença em cinco países latino-americanos, pertencente ao Grupo Orbis, uma multinacional colombiana que atua em diferentes países há mais de 90 anos e em diversos segmentos, como pinturas, águas, comércio e químicos.

Para mais informações sobre os produtos da NovaScott contacte-nos

Compartilhe
11 dez 2017

Ashland vence Top of Mind da Indústria de Compósitos

Empresa foi a mais votada nas categorias “Resina Poliéster” e “Resina Éster-Vinílica”

Pela quarta vez consecutiva, a Ashland, líder global em especialidades químicas, foi eleita Top of Mind da Indústria de Compósitos nas categorias “Resina Poliéster” e “Resina Éster-Vinílica”.
A cerimônia de premiação aconteceu ontem, no Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), em São Paulo. Organizado pela Associação Latino-Americana de Materiais Compósitos (ALMACO), o Top of Mind é a principal premiação do setor de compósitos, um tipo de plástico de alto desempenho.
“Participam da pesquisa do Top of Mind todos os elos da cadeia produtiva, e essa abrangência torna ainda mais significativa a premiação, pois fomos os mais lembrados não só pelos nossos clientes, mas por todo o mercado”, afirma Fábio Sanches, líder comercial da Ashland Performance Materials (APM), unidade de negócios especializada em compósitos, bem como em intermediários e solventes (I&S).
Com fábrica em Araçariguama (SP) e distribuidores oficiais em todas as regiões do país, a Ashland fornece no Brasil as resinas poliéster Aropol™ e Arotran™, referências globais em polímeros termofixos – esta última é mais voltada às aplicações em sistemas de prensagem de materiais (SMC e BMC).
A Ashland também abastece o mercado com a resina éster-vinílica Derakane™, sinônimo de proteção contra a corrosão para a grande maioria dos moldadores de compósitos de todo o mundo – completou 50 anos em 2015. As resinas Derakane™ são empregadas na fabricação de tubos, equipamentos, peças e revestimentos de plantas de papel e celulose, usinas de álcool e açúcar, fábricas de produtos químicos e plataformas offshore, entre outros ambientes quimicamente agressivos.

Para mais informações, acesse www.ashland.com

® Registered trademark, Ashland or its subsidiaries, registered in various countries
™ Trademark, Ashland or its subsidiaries, registered in various countries

Fonte: SLEA Comunicação

Compartilhe
11 dez 2017

Fibermaq é seis vezes Top of Mind da Indústria de Compósitos

Empresa conquistou mais um título na categoria “Equipamentos”

Ontem, em cerimônia realizada no Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), em São Paulo (SP), a Fibermaq foi eleita Top of Mind da Indústria de Compósitos na categoria “Equipamentos”. Trata-se do sexto título consecutivo da empresa, a única a vencer essa categoria desde a sua criação, em 2012.
Principal prêmio do setor de compósitos, o Top of Mind é organizado pela Associação Latino-Americana de Materiais Compósitos (ALMACO). A pesquisa que apontou os vencedores foi realizada por uma empresa independente, a Destaque Business Research.
Fundada em 1978, na cidade de São Paulo, a Fibermaq é pioneira na fabricação de máquinas e acessórios para a moldagem de compósitos, epóxi e adesivos em geral. Ao longo desse período, mais de 5.000 laminadoras, gelcoateadeiras, injetoras de RTM e máquinas de enrolamento filamentar, entre outras, foram comercializadas pela empresa no Brasil e em toda a América Latina.

Para mais informações, acesse www.fibermaq.com.br

Fonte: SLEA Comunicação

Compartilhe
11 dez 2017

Pela quinta vez, Polinox é eleita Top of Mind da Indústria de Compósitos

Empresa é a maior fabricante latino-americana de catalisadores

A Polinox conquistou pela quinta vez o Top of Mind da Indústria de Compósitos na categoria “Catalisadores”. Com 38,9% dos votos, a empresa recebeu o troféu ontem, em cerimônia realizada no Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), na cidade de São Paulo (SP).
“Esse contínuo reconhecimento ao nosso trabalho aumenta ainda mais o compromisso da Polinox com os moldadores brasileiros de materiais compósitos”, afirmou Roberto Pontifex, diretor.
Promovido pela Associação Latino-Americana de Materiais Compósitos (ALMACO), o Top of Mind é o principal prêmio do setor de compósitos, um tipo de plástico de alta performance. Como de costume, a pesquisa que apontou as empresas vencedoras foi feita por uma empresa independente, a Destaque Business Research – ao todo, foram computados este ano 5.326 votos.
Líder em catalisadores na América Latina, a Polinox conta com capacidade para a produção de 360 toneladas/mês de Brasnox®, Perbenzox® e Tecnox Super®, entre outros produtos. Ao todo, são mais de 40 tipos – MEKP, BPO, AAP, TBPB, CHP e blendas – indicados para as tecnologias de moldagem aberta e fechada de compósitos, do tradicional processo de spray-up usado na fabricação de caixas d´água e piscinas até a complexa infusão de cascos de embarcações e pás eólicas.
Hoje em dia, a Polinox atende a mais de duas mil empresas, entre elas, as líderes dos setores de construção, transporte, infraestrutura, corrosão e náutico. Fundada em 1960, a Polinox é a única empresa 100% brasileira do seu segmento a dispor de sistemas de gestão baseados em normas internacionais, como ISO 9001 e ISO 14001.

Para mais informações, acesse www.polinox.com.br

Fonte: SLEA Comunicação

Compartilhe
11 dez 2017

Conheça os vencedores do Top of Mind da Indústria de Compósitos

Cerimônia de premiação aconteceu ontem, em São Paulo

Os representantes das principais empresas do setor brasileiro de compósitos participaram ontem, no Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), em São Paulo, da cerimônia de premiação do Top of Mind da Indústria de Compósitos. Promovido pela Associação Latino-Americana de Materiais Compósitos (ALMACO), o Top of Mind é o principal prêmio da cadeia produtiva desse tipo de plástico de alta performance.
A edição deste ano computou 5.326 votos, distribuídos em 26 categorias – a Destaque Business Research foi a empresa responsável pela pesquisa.

Confira, a seguir, a relação dos vencedores e os percentuais de votos obtidos por cada um.

Resina Poliéster: Ashland (40%)
Resina Epóxi: Redelease (17,8%)
Resina Éster-Vinílica: Ashland (43%)
Resina de Poliuretano: Purcom (39%)
Fibras de vidro: Owens Corning (56,9%)
Fibras de carbono: Texiglass (33,3%)
Adesivos: Lord (57,4%)
Catalisadores: Polinox (38,9%)
Gelcoat: Morquímica (22%)
Composto de moldagem: A. Schulman (24,6%)
Desmoldante: Redelease (38,9%)
Aditivo: BYK (51,3%)
Processos manuais (spray-up e hand lay-up): Marcopolo (23%)
RTM: Tecnofibras (17,1%)
SMC: Tecnofibras (31,8%)
BMC: A. Schulman (48,8%)
Pultrusão: Cogumelo (30,7%)
Infusão: Barracuda (17,2%)
Enrolamento Filamentar: Petrofisa (21,4%)
Laminação contínua: Fibralit (38,5%)
Fabricante de moldes: AJB Souza (29,2%)
Fabricante de tecidos de reforços: Texiglass (32,5%)
Equipamentos: Fibermaq (52,7%)
Distribuidor: Redelease (43,2%)
Inovação: Lord (12,6%)
Indústria de compósitos: Redelease (14,2%)

Resultantes da combinação entre polímeros e reforços – por exemplo, fibras de vidro –, os compósitos são conhecidos pelos elevados índices de resistência mecânica e química, bem como pela versatilidade. Há mais de 50 mil aplicações catalogadas em todo o mundo, de tanques, tubos e pás eólicas a peças de barcos, ônibus e aviões.
Fundada em 1981, a ALMACO tem como missão representar, promover e fortalecer o desenvolvimento sustentável do mercado de compósitos. Com administração central no Brasil e sedes regionais no Chile, Argentina e Colômbia, a ALMACO tem cerca de 400 associados (empresas, entidades e estudantes) e mantém, em conjunto com o Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), o Centro de Tecnologia em Compósitos (CETECOM), o maior do gênero na América Latina.

Para mais informações, acesse www.almaco.org.br

Fonte: SLEA Comunicação

Compartilhe

© 2017 ALMACO. Todos os direitos reservados.

Click Me