05 out

Começa a pesquisa do Top of Mind da Indústria de Compósitos

As pesquisas que apontarão os vencedores do Top of Mind da Indústria de Compósitos 2017 já começaram. Conduzido pela Destaque Business Research, o levantamento é feito por e-mail e abrange mais de 10 mil endereços fornecidos pela Associação Latino-Americana de Materiais Compósitos (ALMACO), organizadora do Top of Mind.

A principal novidade desta edição, conta Erika Bernardino, gestora da ALMACO, é a inclusão da categoria “Poliuretano”. “No Brasil, a resina de poliuretano tem sido cada vez mais utilizada em combinação com reforços mecânicos, caso da fibra de vidro, o que a qualifica como um tipo de compósito”, explica.

Principal premiação do setor brasileiro de compósitos, o Top of Mind 2017 terá 26 categorias, a exemplo de matérias-primas, processos e equipamentos. Os grandes vencedores só serão conhecidos no dia 07/12, durante a cerimônia de entrega dos troféus que acontecerá no Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), em São Paulo.

Resultantes da combinação entre polímeros e reforços – por exemplo, fibras de vidro –, os compósitos são conhecidos pelos elevados índices de resistência mecânica e química, bem como pela versatilidade. Há mais de 50 mil aplicações catalogadas em todo o mundo, de tanques, tubos e pás eólicas a peças de barcos, ônibus e aviões.

Fundada em 1981, a ALMACO tem como missão representar, promover e fortalecer o desenvolvimento sustentável do mercado de compósitos. Com administração central no Brasil e sedes regionais no Chile, Argentina e Colômbia, a ALMACO tem cerca de 400 associados (empresas, entidades e estudantes) e mantém, em conjunto com o Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), o Centro de Tecnologia em Compósitos (CETECOM), o maior do gênero na América Latina.

Para mais informações, acesse www.almaco.org.br

 

Compartilhe

Deixe seu comentário